sexta-feira, 6 de março de 2009

Quem sou eu?



Uma pergunta tão simples, de complexidade tão grande!

Sou amigo, sou conselheiro, sou mão estendida
Sou omisso, sou incoerente, sou egoísta
Sou carinhoso, sou carona, sou prestativo
Sou interesseiro, sou egocentrico, sou demagogo

Sou lembrança de um quadro pendurado na parede
Sou um nome guardado dentro de uma caixa de presente
Sou boas lembranças, boa companhia, boas risadas
Sou amargura, maus momentos e lágrimas derramadas

Sou inteligente, sou criativo, sou elegante
Sou preguiçoso, sou orgulhoso, sou ignorante
Sou visita, sou abrigo, sou atencioso, sou enfermeiro
Sou confuso, sou apático, sou desprezo, sou barraqueiro

Sou muitas coisas para muitas pessoas em muitos momentos
Não sou todas para todos, mas sou todas ao mesmo tempo
Muitos olhares julgam me ter lido por completo
Mesmo em situações singulares, onde fui ou não discreto

EU SOU O QUE SOU, diz o Senhor
Eu sou a escuridão que eu não queria ver
E também qualidades que Deus me permitiu ser
Sou transformado, sou movido e purificado pelo Seu amor

Enfim, sou amor a mim mesmo e a Deus e sou correspondido!

3 comentários:

João Romova disse...

vc é muita coisa rapaz!!

Que bom que isso está te reconfigurando... como diz um amigo meu "se reinventar é algo sempre bom"

Keaves disse...

Sempre somos muitas coisas. Algumas, sob exageros dos olhares alheios. outras, parte da dura realidade do que somos. E com certeza, escrever esse mesmo texto em 6 meses... quantas coisas mudariam e quantas não! rs

Stv disse...

Muito legal!
E como é bom simplesmente "estar" algumas coisas, porque isso mostra que podemos e devemos melhorar e mudar muitas coisas.Isso nos mostra como é importante ser moldado por Deus.